Ômega 3 e a saúde animal


Saiba porque é recomendada a administração de Omegaderm® e como os componentes do produto agem individualmente

Cuidado animal Petfarma

Muito se fala atualmente sobre as maravilhas que o uso de Ômega 3 causa no organismo do ser humano. Entretanto, para a saúde animal o componente é imprescindível também, agindo na modulação da inflamação e trazendo como consequência mais saúde e bem-estar para o seu animal.

Dentre os produtos existentes no mercado, damos destaque ao a sugestão é o consumo de Omegaderm®: suplemento nutricional, que contém três concentrações diferentes ácido graxo essencial Ômega 3 (30%, 60% e 90%).

O suplemento é indicado para promover a reposição de Ômega 3 nas membranas celulares em busca do equilíbrio entre os ácidos graxos presentes na membrana, provocando a modulação da inflamação, o que reflete em aumento do brilho e maciez da pelagem dos animais e na diminuição da queda excessiva de pelos, . além de evitar o ressecamento da pele e de mantê-la hidratada e protegida.

Compreenda os componentes do Omegaderm e como eles agem diretamente na saúde dos animais.

Desvendando a fórmula

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Omega_60_500mg-r_.jpg

Todos os produtos Omegaderm® são formulados para equilibrar o perfil lipídico de membranas e para melhorar a saúde de pele e pelos dos animais. O suplemento é essencial para garantir o equilíbrio nutricional e garante o fornecimento das necessidades mínimas diárias de Ômega 3 para os animais.

Os produtos são compostos, basicamente, de óleo de peixe refinado com Ômega 3, ácido docosahexaenóico (DNA), ácido eicosapentaenoico (EPA), vitamina E.

Esses componentes agem da seguinte forma:

  • Óleo de peixe refinado com Ômega 3: Quando são ingeridas, essas gorduras possuem como função mais nobre serem as responsáveis pela elaboração da camada lipídica em torno da célula. Quando as membranas celulares estão repletas destes ácidos as funções das células ocorrem de forma muito melhor. Outros pontos muito importantes nos quais esses lipídeos agem são na formação da bainha de mielina, um componente dos neurônios, e no recobrimento da retina ocular, parte dos olhos que tem o papel principal de transformar o estímulo luminoso em estímulo elétrico para o cérebro poder realizar o processo de enxergar. Bom para o coração, o Ômega 3 proporciona benefícios ao sistema cardiovascular. 
  • Ácido docosahexaenóico (DNA): Essa ácido ajuda principalmente a trazer saúde e vivacidade para a pelagem do animal, deixando com aspecto saudável e evitando o acúmulo de gordura nos tecidos. Além disso, possui ação antioxidante e é o ácido graxo mais benéfico para a saúde do cérebro, já que favorece a cognição e as conexões entre os neurônios, beneficiando a memória, atenção, raciocínio, imaginação, juízo e diversos outros aspectos relacionados à mente.
  • Ácido eicosapentaenoico (EPA): possui ação anti-inflamatória no organismo do animal, já que auxilia as reações enzimáticas responsáveis pela produção de prostaglandinas E3, uma substância que faz parte das defesas contra as inflamações, inclusive de pele, por ajudar a neutralizar a atividade pró-inflamatória de outras moléculas semelhantes. Além disso, um dos principais benefícios do EPA é auxiliar a saúde do coração e a circulação sanguínea, evitando a formação de trombos (coágulos) no sangue e diminuindo os riscos de trombose e de acidente vascular cerebral. 
  • Vitamina E: aumenta a imunidade e é essencial para “respiração celular”. Essa vitamina está envolvida com a síntese de DNA, reduz os sinais das deficiências de zinco e melhora a absorção de vitamina A. Associada ao mineral selênio, por exemplo, atua na proteção de tecidos corporais – principalmente membranas celulares, enzimas e outros componentes intracelulares – contra os efeitos da oxidação; por isso, está relacionada com a prevenção de lesões musculares e manutenção da qualidade dos pelos e da pele. 

Quando e como utilizar?

A suplementação nutricional preventiva com Omegaderm® ajuda substancialmente a diminuir a utilização de medicamentos para o tratamento das dermatoses inflamatórias nos animais. Portanto, não há contraindicações do consumo. O Omegaderm® ainda pode ser administrado em animais gestantes, neonatos e idosos.

As cápsulas gelatinosas podem ser misturadas ao alimento, diretamente na boca, ou seu conteúdo adicionado a uma seringa e administrado oralmente. 

Onde comprar e quanto custa?

A distribuidora online Petfarma possui o Omegaderm em cinco versões diferentes: Omegaderm 30% – EPA & DHA 1000mg (R$ 55,67); Omegaderm 30% – EPA & DHA 500mg (R$ 39,63); Omegaderm 90% – EPA & DHA 500mg (R$ 165,85); Omegaderm 60% – EPA & DHA 1000mg (R$ 73,10); e Omegaderm 60% – EPA & DHA 500mg (R$ 56,30).  Todas as opções contêm 30 cápsulas e embalagem com 4 camadas de proteção contra temperatura, luz e umidade.

Entenda a necessidade e atenção aos sinais

Com o tempo, se o corpo do animal não tiver absorvido gorduras essenciais e saudáveis, contidas no suplemento Omegaderm, por exemplo, podem aparecer alguns sintomas como:  

– Inflamação (por vezes grave) associada à dor, rigidez e má cicatrização da pele;

– Desordens digestivas;

– Artrite;

– Distúrbios neurodegenerativos e neurológicos;

– Mudanças na aparência da pele, pelos e unhas. A pele pode ficar inflamada, seca, escamosa, sensível ou vermelha. O pelo pode se tornar frágil e mais fino. As unhas podem quebrar facilmente e ser muito fracas;

– Sintomas de alergias, como eczema, urticária, entre outras.

Os animais também possuem problemas relacionados à deficiência de Ômega 3 e precisam de cuidados especiais para esse tipo de problema. Utilize das ferramentas disponíveis para que a saúde dos pets esteja sempre em ordem. 

Por Carol Nunes